Há tempos.

Padrão

tumblr_mnl17nCT8B1s1qkzlo1_500
Cansei do drama, cansei de vomitar em palavras sobre todos os meus sentimentos e cansei de tentar lidar com eles ou tentar explicar. Já perdi a conta de quantas vezes cansei das coisas e depois de um tempo voltei pra elas porque bateu saudade. Não importa quantas pessoas me conheçam, convivam, tanto faz que sejam familiares ou os mais próximos dos amigos, no fim do dia a pessoa que mais vai me conhecer serei eu mesma, porque eu vivo aqui, só eu conheço os caminhos que fiz, só eu sei tudo sobre as dores, as inseguranças e os medos, e apesar de muitas vezes não querer lidar com esses infortúnios só eu consigo ter a coragem para enfrenta-los e manter eles quietos por um tempo.
Outro dia, por acaso me peguei lendo uns textos bem antigos aqui do blog, e poxa, como a gente muda, a vida muda, aparentemente pode não ter mudado nada, mas lá no fundo de uma mente pensante mudou tudo, a perspectiva, aquela mesma velha opinião de sempre, muda. Daí você percebe que aquele amor que você sentia não era bem o mesmo amor que você sente pelo seu cachorro, que você ia sobreviver à aquela decepção, e que um adeus não precisa ser pra sempre, que talvez vocês dois se encontrem na rua depois de uns anos.
Marcamos de nos ver aí na sua casa naquele dia, fiquei pensando que a saudade que a gente sente apertar no coração talvez possa ser saudades dos momentos vividos, e não um pelo o outro, porque a gente sabe que não volta mais. A minha mãe ainda lembra de você, sabia que quando a gente se vê, você tem o dom de me deixar feliz e ao mesmo tempo triste? Isso é clichê, mas que se foda, a vida é um clichê, e o mundo é um moinho.
Continuo dando altas risadas por causa desses efeitos que o tempo causa nas pessoas, voltei a escutar Legião Urbana pra sentir que aquelas memórias ainda me pertencem e tô procurando um seriado melhor do que Breaking Bad pra assistir. Quando eu não estou sentindo na pele todos esses clichês bobos que a vida cria estou no sofá comendo porcaria e lendo uns artigos que são muito bons, outro dia li em algum lugar que solidão é autoconhecimento e independência, logo estou sendo obrigada a pensar e concordar com essa teoria.

Besos na bunda! 😀 ❤
Por: Nathalia Daujotas

Anúncios

»

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s